Cães também Sofrem com Gripe

A vacinação preventiva é a melhor alternativa para evitar que os pets sejam infectados

0
12

SÃO PAULO, SP, 29 de maio de 2017 – Assim como acontece com os seres humanos, a queda das temperaturas com a proximidade do inverno faz com que os animais fiquem mais suscetíveis a infecções respiratórias. Neste período, muitos cães são acometidos pela gripe, também chamada de tosse dos canis, doença que ataca animais de todas as raças e idades, principalmente filhotes e idosos, por terem o sistema imunológico mais vulnerável.

Muito semelhante à gripe humana, a gripe canina é altamente contagiosa e pode ser transmitida por contato direto com cães infectados, secreções respiratórias e por contato com objetos contaminados. “Quando um proprietário tem mais de um cão e um deles contrai a gripe, todos os outros acabam ficando doentes. Portanto, ao notar que um dos animais está doente, deve-se isolá-lo dos outros, não compartilhar brinquedos, vasilhas e nem os alimentos” explica Daniela Baccarin, médica veterinária e gerente de Produtos da MSD Saúde Animal.
Os principais sintomas que indicam que o cão pode estar gripado são tosse seca, secreção nasal, falta de apetite e febre. Em casos mais graves, o animal pode apresentar secreção também nos olhos, coriza, falta de apetite e febre. Em filhotes e animais mais debilitados, o quadro pode evoluir para uma pneumonia e levar ao óbito. “São poucos os cães que morrem em decorrência da gripe canina. Cerca de 80% deles se recuperam bem. Para isso, é importante que o proprietário leve o pet ao médico veterinário para que o diagnóstico e tratamento sejam feitos corretamente. Além disso, mantê-lo protegido é fundamental”, alerta Daniela.

Prevenção
Para evitar que os pets sejam acometidos pela gripe canina e o inverno seja um período conturbado para os animais, é indicado que os proprietários realizem a vacinação preventiva anualmente.

As vacinas de uso intranasal são recomendadas por especialistas em todo o mundo. “Ela não só protege contra a infecção, como reduz a eliminação dos agentes infecciosos no ambiente. Além disso, também pode ser utilizada como alternativa prática antes da exposição do animal ao risco de se infectar, já que sua proteção se inicia após 72 horas da aplicação”, explica Daniela Baccarin.
A MSD Saúde Animal disponibiliza em seu portfólio a Nobivac® KC, uma vacina de aplicação intranasal, indolor e que traz facilidade para o médico veterinário, pois a aplicação é realizada em uma única narina, proporcionando o máximo em eficácia e conveniência. Nobivac® KC é altamente segura e é a única vacina indicada para filhotes a partir de três semanas de idade.

A médica veterinária e gerente de Produtos da MSD Saúde Animal, Daniela Baccarin, recomenda para que os animais não contraiam a gripe canina:
– vacinar anualmente os cães contra a tosse dos canis;
– evitar os choques de temperatura;
– providenciar um local protegido do vento para o animal dormir;
– evitar os passeios nos horários mais frios.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA