Características do Lhasa Apso

0
27

Procurando um cachorro pequeno, peludo e duradouro? Aquele ideal para a vida em apartamento? Fique tranquilo, o Lhasa Apso é a escolha certa para você. Com expectativa de vida de 18 anos, ele será um amigo fiel – sendo que, quando cuidado de maneira extremamente cuidadosa e contando com um pouco de sorte, pode chegar a viver até cerca de 20 anos.

Embora sejam animais com nível médio de energia e que, na maioria das vezes, vivem em apartamentos – os cães da raça Lhasa Apso necessitam de exercícios diários para manter sua atitude otimista, e não devem ser deixados dentro de casa sem atividades por muito tempo; já que isso pode prejudicar a sua saúde. Portanto, ar fresco, caminhadas em parques, ambiente abertos e arborizados são ótimas pedidas para que o cão se exercite e se mantenha saudável.

Por terem vida longa, problemas de saúde podem aparecer quando o cão se torna mais idoso. Displasia da anca, problemas renais, doenças respiratórias e de pele são alguns dos exemplos dos problemas que se tornam mais possíveis na vida dos Lhasa Apso velhinhos. Por serem donos de olhos bastante sensíveis, os cães da raça merecem atenção especial nessa região (e isso em qualquer idade), já que pode desenvolver complicações com certa facilidade.

A Atrofia Progressiva da Retina é uma das complicações oculares que podem aparecer nos cachorros Lhasa, trazendo a possibilidade de que o cão perca a sua visão por completo. Portanto, ao notar qualquer sinal atípico no seu cão desta raça, leve-o para uma consulta com um veterinário, garantindo que o problema seja resolvido da maneira mais rápida e correta possível.

A Displasia Renal é outro problema perigoso que pode se desenvolver nos cães da raça em casos mais raros, podendo, inclusive, levar o cachorro à morte. Caracterizado por sinais como o consumo exagerado de água, urina transparente e perda de peso, essa doença é séria e perigosa; já que, em muitos casos, o cão afetado não apresenta nenhum tipo de sintoma – desenvolvendo o problema e maneira silenciosa.

Escovações e banhos regulares são os principais cuidados que você deve ter com esses pequenos – evitando que haja o acúmulo de sujeira em sua pelagem e, consequentemente, o aparecimento de doenças diversas de pele como a dermatite. Mas atenção com seus pelos longos, eles podem fazer com que você esqueça, por exemplo, de higienizar as orelhas e os olhos do animal, e realizar essa higiene é fundamental para manter seu pet feliz e longe de problemas.

Donos de uma grande intuição e ouvidos apuradíssimos, os cães Lhasa Apso são capazes de perceber barulhos a longa distância; aos quais costumam reagir com certa desconfiança e latir sem parar para alertar seus donos sobre uma possível situação de perigo. Seus olhos são escuros, redondos e de tamanho médio, e é indicado que os pelos da parte superior de sua cabeça permaneçam presos de alguma forma – evitando que os fios possam entrar nos olhos do cão e causar incômodo.

Apesar de sua aparência de cãozinho de colo, o Lhasa Apso tem temperamento forte, e é corajoso, independente e teimoso – embora também seja muito carinhoso com seus proprietários. E se existe uma coisa que o deixa feliz, é um cochilo ao lado de seu dono; já que a raça adora deitar e fazer nada durante horas e horas, recebendo, apenas, cafunés.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA