Cuidados com a Dentição Canina

A atriz e apresentadora de série original do Gshow festeja ao lado da família

0
43

 

Cuidados Orais em Cães
Seu cão tem mau hálito? Os dentes estão limpos? O Hospital Veterinário Saúde vai ensinar a importância do cuidado oral apropriado para o seu cão e compartilhar algumas dicas para ajudar na limpeza oral e manter uma boca saudável.
As estatísticas sugerem que mais de 80% dos cães têm algum grau de doença oral perto dos 3 anos de idade. Seu cão não consegue falar quando ele tem uma dor de dente, por isso é essencial que você tome medidas para manter os dentes limpos. Enquanto o seu veterinário tem um papel em manter os dentes do seu cão em boa saúde, há muito que você pode fazer em casa para evitar a doença dentárias.

CUIDADOS COM OS DENTES DO SEU CACHORRO
Quando você traz para sua casa um novo membro da família canina com 8 semanas de idade, ele vai ter dentes de leite conhecido por dentes decíduos. Devemos iniciar nessa idade o toque em sua boca e manter os dentes limpos. Faça um jogo de abrir a boca, olhando para os dentes e dando-lhes uma massagem suave com os dedos.

A troca dos dentes de leite pelos permanentes vai começar a partir dos 4 meses idade até 7 a 10 meses de idade.

ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO PARA CÃES ADULTOS
Um dos primeiros indicadores de que os dentes do seu cão precisam de atenção é o mau hálito, podendo gerar dor e em algumas situações diminuição da ingestão de alimentos.

Há uma série de coisas que você pode fazer para manter dentes e gengivas do seu cão em boas condições. Tendo em mente que o animal usa todos os seus dentes para fins diferentes, às vezes usando uma combinação de coisas funciona melhor. Nem todos os dentes irá acumular tártaro(cálculo dentário) na mesma proporção e isso pode ser dependente de fatores.

dentescaeshospitalveterinariosaude

denticao
VETERINÁRIO
Se seu cão está acostumado a ter sua boca examinada, o seu veterinário pode examinar seus dentes a cada 6 meses durante um exame físico. Pode não ser possível sondar ao redor dos dentes com uma sonda dental para verificar se há bolsas entre o dente e a gengiva, mas seu veterinário pode avaliar presença de fraturas, cálculo dentário (tártaro) e gengivite.

Os cuidados em casa, ajuda a evitar a placa bacteriana e tártaro de acumular sobre os dentes do seu cão, mas não vai se livrar do que já está lá.

Mesmo com a escovação regular, como em seres humanos, precisamos visitar o dentista a cada 6 meses. O mesmo vale para os nossos animais de estimação.

Uma vez que os dentes têm doença em torno das gengivas e infecção em torno da linha da gengiva, os danos para os ligamentos que prendem o dente são geralmente irreversíveis, por isso as vezes os dentes têm de ser extraídos. Se os dentes danificados não são removidos eles vão apenas servir como uma fonte de novas infecções.

O QUE UM EXAME ORAL ENVOLVE?
Quando vamos ao dentista estamos felizes em sentar-se na cadeira, manter nossas bocas abertas e que muito provavelmente não iremos morder nosso dentista enquanto eles trabalham.

Infelizmente animais de estimação se comportam um pouco diferente até mesmo o cão mais bem-comportado não permitirá que um exame odontológico completo e limpo. É impossível limpar corretamente os dentes do seu animal de estimação sem anestesia e intubação com segurança.

Quando o seu veterinário realiza um tratamento periodontal nos dentes do seu animal de estimação, os passos envolvidos são:

Seu animal de estimação é anestesiado e um tubo endotraqueal é colocado para garantir que bactérias e líquido não entrem nos pulmões do seu cão.
Cada dente e a gengiva circundante é verificada com sonda especializada para garantir que não haja bolsas periodontais profundas entre a gengiva e o dente.
Todos os dentes que têm bolsas periodontais de mais de 3 milímetros são examinados minuciosamente para avaliar se existe tratamento ou serão extraídos.
Realizado a raspagem com ultrassom odontológico o mesmo utilizado pelos dentistas humanos.
No caso de quaisquer dentes serem prejudiciais (e, podendo causar dor) é realizado extração.
Todos os dentes são polidos para garantir que a superfície permaneça lisa, para garantir que não tenha micro ranhuras nos dentes que favorece a placa bacteriana de aderir nos dentes
doencaperiodontalcaes
O QUE ACONTECE SE QUANDO OS DENTES SÃO EXTRAÍDOS
Para a maioria dos cães, gera um conforto muito maior a extrações dos dentes doentes e danificados. Tirando aquele foco de dor quando brincam e se alimentam. Mesmo se todos os seus dentes forem extraídos, eles não terão problemas para comer, na verdade, a maioria dos cães se alimentam melhor uma vez que os dentes doloridos por anos, finalmente, são tratados. Os cães não costumam mastigar o alimento.

A BOCA SAUDÁVEL FAZ UM CÃO SAUDÁVEL
Com o cuidado direito em casa e apoio de seu veterinário, o seu cão vai desfrutar de uma boca limpa, saudável e hálito fresco. Atendimento odontológico para animais de estimação tem avançado significativamente nos últimos anos e seu cão pode desfrutar de tratamentos semelhantes aos disponíveis para você.
A ligação entre a doenças orais, rim, fígado e coração doença tem sido reconhecida em seres humanos. Um animal de estimação com dentes saudáveis tem a melhor chance de evitar doenças crônicas e viver uma vida feliz, saudável cheia de beijos cheirosos.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA